Pular para o conteúdo principal

TOP 10 anos 70

Este aqui foi um tremendo sofrimento. Tanta coisa boa de fora... Mas listas são assim mesmo, amanhã eu já posso olhar com cara feia e querer mudar tudo. Enfim, no mesmo esquema, apenas um filme por diretor, em ordem de preferência:

1. O ESPÍRITO DA COLMÉIA (El Espíritu de la Colmena, 1972), Victor Erice
2. TRAGAM-ME A CABEÇA DE ALFREDO GARCIA (Bring me the Head of Alfredo Garcia, 1974), Sam Peckinpah
3. TWO-LANE BLACKTOP (1971), Monte Hellman
4. ATO FINAL (Deep End, 1971), Jerzy Skolimowski
5. A MORTE DE UM BOOKMAKER CHINÊS (The Killing of a Chinese Bookie, 1976), John Cassavetes
6. PRELÚDIO PARA MATAR (Profondo Rosso, 1975), Dario Argento
7. QUANDO EXPLODE A VINGANÇA (Giù la testa, 1971), Sergio Leone
8. PROFISSÃO: REPÓRTER (Professione: Reporter, 1975), Michelangelo Antonioni
9. TAXI DRIVER (1976), Martin Scorsese
10. RABID DOGS (Cani arrabbiati, 1974), Mario Bava

Comentários

  1. 1. O ESPÍRITO DA COLMÉIA (El Espíritu de la Colmena, 1972), Victor Erice
    2. TRAGAM-ME A CABEÇA DE ALFREDO GARCIA (Bring me the Head of Alfredo Garcia, 1974), Sam Peckinpah
    3. TWO-LANE BLACKTOP (1971), Monte Hellman
    4. ATO FINAL (Deep End, 1971), Jerzy Skolimowski
    5. A MORTE DE UM BOOKMAKER CHINÊS (The Killing of a Chinese Bookie, 1976), John Cassavetes
    6. PRELÚDIO PARA MATAR (Profondo Rosso, 1975), Dario Argento
    7. QUANDO EXPLODE A VINGANÇA (Giù la testa, 1971), Sergio Leone
    8. PROFISSÃO: REPÓRTER (Professione: Reporter, 1975), Michelangelo Antonioni
    9. TAXI DRIVER (1976), Martin Scorsese
    10. RABID DOGS (Cani arrabbiati, 1974), Mario Bava

    Copiei a lista por que de todas as que eu vi no blog , essa foi a que mais gostei.

    Embora ainda não tenha visto:
    - Two-Lane
    - Ato Final
    - Morte do Bookemaker

    Se possivel Ronald, poderia me dizer sobre oq falam ?

    Sobre as demais escolhas... assino embaixo. E tinha que ter um Argento rsrs. Adorei a inclusão do Antonioni, e do MARAVILHOSO Espírito da Colméia (em breve resenha no meu cafofo).

    Abraços !

    ResponderExcluir
  2. Mais uma bela lista! Gostei de ver o Erice em primeiro :)

    Um abraço!

    ResponderExcluir
  3. Sensacional sua lista, anos 70 são lindos. Perfeitos.

    suspiria - argento
    carrie - depalma
    profondo rosso - argento
    deep end - skolimowski
    straw dogs - peckinpah
    abismu - sganzerla
    ritual dos sádicos - mojica
    lisa and the devil - bava
    the holy mountain - jodorowsky
    close encounters of the third kind - spielberg
    taxi drive - scorsese
    la nuit américaine - truffaut
    non si sevizia un paperino - fulci
    husbands - cassavetes
    love and death - allen
    sem essa aranha - sganzerla
    decameron - pasolini
    the texas chainsaw massacre - hooper
    pat garrett & billy the kid - peckinpah
    f for fake -welles


    decada de 70, 20 filmes é o minimo. impossivel pra mim ser menos que isso.

    ResponderExcluir
  4. anos 70 é foda, que década gloriosa pro cinema!

    ResponderExcluir
  5. Eu estou chegando à conclusão de que terei que apelar pra um top 20. De meio-dia deverei montá-la, e certamente teremos vários filmes em comum.

    ResponderExcluir
  6. Meus '10', (sempre) provisoriamente:

    1. Barry Lyndon (Kubrick)
    2. Profissão: repórter (Antonioni)
    3. Santo Agostinho (Rossellini)
    4. Carta para Jane (Godard)
    5. Hitler, um filme da Alemanha (Syberberg)
    6. Laranja mecânica (Kubrick)
    7. Quando explode a vingança (Leone)
    8. Uma mulher sob influência (Cassavetes)
    9. Moisés e Aarão (Straub & Huillet)
    10. Novecento (Bertolucci)

    Em tempo:
    Gostei bastante de sua lista. E viva a diferença de opiniões.

    Um abraço.

    ResponderExcluir
  7. Ronald, que puta bom gosto você tem! O meu:

    1- A Última Sessão de Cinema
    2- Tragam-me a Cabeça de Alfredo Garcia
    3- Two-Lane Blacktop
    4- Rocky, Um Lutador
    5- Pat Garret & Billy the Kid

    Esses são os "perfeitos" da década pra mim. E o 2º e 3° lugar não foi pra te copiar não, hehe.

    ResponderExcluir
  8. Leandro Caraça29/09/2009 16:35

    Eu passo. No mínimo teria que ser um TOP 30.

    ResponderExcluir
  9. Bela lista. Honestíssima.
    Perfeita a colocação de "Corrida Sem Fim" do Hellman em terceiro lugar. Já "Profissão: Repórter" só entra na minha lista dos filmes mais chatos dos anos 70. Quis cortar os pulsos de tédio quando vi esse filme. Na minha lista, colocaria "Zabriskie Point" no lugar.

    ResponderExcluir
  10. Caralho Top 10 dos 70's é foda!!! Mas vamos lá. Minha lista, feita em última hora (amanhã com certeza não me lembrarei da metadE! HEHEHE!!!):
    1- Laranja Mecânica(Stanley Kubrick);
    2- Suspiria (Dario Argento);
    3- Tragam-me a Cabeça de Alfredo Garcia (Sam Peckinpah);
    4- Taxi Driver ( Martin Scorcese);
    5- Frenesi (Alfred Hithcocok);
    6- Fantasma da Liberdade (Luis Buñuel);
    7- O Poderoso Chefão (Francis Coppola);
    8- Nosferatu (Werner Herzog);
    9- Holy Mountain (Alejandro Jodorowsky);
    10- Saló (Pier Paolo Pasolini);

    É acho que é isso... Amanhã com certeza se eu fizer será outros 10! HEHEHE! Abraços.

    ResponderExcluir
  11. "Já "Profissão: Repórter" só entra na minha lista dos filmes mais chatos dos anos 70. Quis cortar os pulsos de tédio quando vi esse filme."

    Você e eu agora somos inimigos mortais, Lord Tauffenbach!!!
    Heheheh, não, não, zoeira, mas é que foi o filme que me fez entender porque elogiam tanto o Antonioni. Agora, a primeira vez que vi Blow Up, também o primeiro que vi do diretor, eu fiquei completamente perdido. Esse odiei de primeira, mas hoje em dia eu peço a benção quando é exibido.

    ResponderExcluir
  12. Eu como fã de Antonioni nem entro em discussão... mas ainda não vi Zabriskie Point, é um dos únicos que faltam. =(

    ResponderExcluir
  13. Tá lá a minha também. Pensei que o Alfredo Garcia fosse o seu filme preferido, mas pelo visto O Espirito da Colméia passou a frente. Dois belissimos filmes.
    Dessa década dá para fazer Top 100 e ficar muita coisa boa de fora.

    ResponderExcluir
  14. Certeza. Tanta gente boa de fora da minha que eu nem me conformo ainda.

    ResponderExcluir
  15. Agora vou dar uma de chato q implica com listas pessoais: Ah, meu Deus! Nenhum Chefão, nem Five Easy Pieces, nem Mean Streets, nem Aguirre, nem Conversação, nem Dia de Cão, nem Laranja Mecânica, nem Solaris??

    Brincadeira, ótima lista! 2 ou 3 filmes aí q eu vou baixar agora,

    ResponderExcluir
  16. "Eu passo. No mínimo teria que ser um TOP 30."

    Então faça, ué! Eu quando fizer no blog, vai ser TOP 50. hehe

    ResponderExcluir
  17. Mas você está certo em implicar... mas todos estes foram sacrifícios. O Chefão é que eu gosto de considerar os três juntos... e o coppola mesmo só fez obras primas nesta década que ficou dificil escolher uma só. O do Scorsese ficou de fora porque é 1 filme por diretor e o meu preferido dele é Taxi Driver.O restante são todos ótimos, maravilhosos, mas prefiro os que estão na lista... hehe

    ResponderExcluir
  18. A grande verdade é que a década de 70 foi a melhor, mais diversificada, transgressora, criativa e mundialmente completa década para o cinema. Então para cada 50 filmes escolhidos, são outros 50 q deixamos de fora com o coração na mão.

    E Profissão: Repórter é uma das melhores sagas cinematográficas sobre auto-descobrimento de todos os tempos. Só isso. Mas é incrível como Jack Nicholson fez um monte de obras-primas com esse mesmo tema nesse período (Easy Rider, Five Easy, Estranho No Ninho, etc)

    ResponderExcluir
  19. Maurício R. Kern03/10/2009 12:21

    Que baita lista! O Espírito da Colmeia, Tragam-me a Cabeça de Alfredo Garcia, Rabid Dogs, A Morte de um Bookmaker Chinês e Taxi Driver definitivamente também estariam na minha lista - porém, sem uma ordem. Corrida sem Fim preciso rever com urgência. Completariam a lista, hoje, também sem uma ordem, A Última Sessão de Cinema (do Bogdanovich), Sweet Movie (do Makavejev), A Montanha Sagrada (do Jodorowsky), A Última Mulher (do Ferreri) e Esse Obscuro Objeto do Desejo (apesar da dúvida cruel entre esse e O Fantasma da Liberdade, a Angela Molina e a Carole Bouquet acabaram decidindo a favor do filme derradeiro do Buñuel - risos).

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

O IMBATÍVEL (Undisputed, 2002)/O LUTADOR (Undisputed 2: Last Man Standing, 2006)

No útlimo fim de semana procurei outros filmes recentes do Michael Jai White para vê-lo distribuindo porrada em meliantes como em BLOOD AND BONE e BLACK DYNAMITE. Me deparei com UNDISPUTED 2, continuação de um filme dirigido pelo Walter Hill em 2002 e que, por pura negligência da minha parte, ainda não havia assistido. Enfim, foi uma experiência interessante, além de poder ver um ótimo filme de luta estrelado pelo Jai White ainda tirei o atraso com o filme Hill, que é obrigatório para os fãs do sujeito.

Ambos os filmes se passam em prisões e envolvem lutas “profissionais” entre os encarcerados, mas o resultado de cada é bem diferente um do outro. UNDISPUTED é puro Walter Hill! Cinema classudo, sério, focado em personagens bem talhados e com direção extremamente segura. Temos Wesley Snipes na pele de Monroe Hutchen, campeão de boxe de Sweetwater, uma prisão de segurança máxima que promove legalmente lutas entre presos. Ving Rhames é George Iceman Chambers, o campeão mundial dos pesos …

OS BÁRBAROS (The Barbarians, 1987)

Daquela listinha de filmes de fantasia, Sword and Sorcerer, que eu postei outro dia, um dos exemplares que causou mais alvoroço foi OS BARBAROS. Alguns amigos acharam engraçado por eu ter lembrado desse filme que passou milhares de vezes no Cinema em Casa do SBT. E como estamos falando de um trabalho do italiano Ruggero Deodato, nada melhor que ressaltar como era bom ter doze anos e poder conferir às tardes da TV brasileira nos anos 90 um filme com bastante sangue, membros decepados e peitos de fora. Algo impossível para um moleque atualmente, que tem de se contentar com os filmes de animais falantes que empesteiam diariamente a programação… Neste fim de ano, meus votos de um grande pau no c@#$% do politicamente correto.

De todo modo, OS BÁRBAROS é uma porcaria. Fui rever essa semana para escrever para o blog e, putz, acreditem, é a coisa mais ridícula do mundo. Ainda bem que já sou vacinado contra tralhas desse tipo e encontro tantos elementos engraçados que fica impossível não sair…

OS IRMÃOS KICKBOXERS, aka BLOOD BROTHERS (1990)

Também conhecido como NO RETREAT, NO SURRENDER 3 em alguns países. Não é tão espetacular quanto o segundo, mas é um veículo divertidíssimo que serve de vitrine para que Loren Avedon e Keith Vitali (os irmãos do título) demonstrem suas habilidades em artes marciais em sequências alucinantes de pancadaria! Até hoje me lembro quando eu era um moleque de oito ou nove anos pegando a fita da Top Tape na locadora com meu irmão mais novo. Passamos o fim de semana inteiro assistindo repetidas vezes este que foi o meu primeiro “kickboxer movie”.


Na trama, os dois personagens não vão muito com a cara do outro. Avedon é um professor de kickboxer que dirige um fusca, enquanto Vitali ganha a vida como policial respeitado, seguindo os passos de seu pai. Ambos lutam pra cacete! Para resumir o enredo, uma tragédia na família acontece (leia-se alguém é assassinado) e acaba sendo o motivo de reaproximação dos irmãos, que deixam as diferenças de lado e juntam forças para fazer exatamente aquilo que se …