21.3.10

LEGION (2010), de Scott Stewart

Eita, perda de tempo para uma manhã de domingo. O filme parte de uma idéia até interessante, como se Deus tivesse acordado com o pé esquerdo e decidido acabar com a raça humana enviando um exército de anjos para fazer o trabalho sujo. Um desses anjos, Miguel (Paul Bettany), se rebela contra a vontade do Senhor e escolhe lutar do nosso lado. O problema é que os personagens que o roteiro trabalha são tão estúpidos e fúteis que se a grande maioria da raça humana fosse representada por essas figuras eu não iria me importar se o mundo fosse devastado. Como o Dennis Quaid entra numa furada dessas? Os diálogos não ajudam em nada e só reforçam a minha afirmação e o roteiro é falho de uma maneira irritante. Antes a ação do filme fosse divertida pra salvar, mas é extremamente mal filmada, grande parte acontece na escuridão para esconder a falta de habilidade do diretor. O que sobrou foi apenas uma boa idéia desperdiçada neste filminho sem graça.

8 comentários:

  1. Meu caro, lendo sua resenha me lembrei de um filme antigo com tema semelhante, "Anjos Rebeldes", com Christopher Walken. Já viu? Na época achei bem interessante.

    Um abraço!

    ResponderExcluir
  2. Anjos Rebeldes é um belo clássico moderno, Sérgio, que eu preciso muito rever...

    ResponderExcluir
  3. Anjos Rebeldes é MUITO melhor. Legião é a decepção do ano. O termo "filminho" cabe bem nele, o maior desperdício de pessoal, recursos, dinheiro e boas idéias dos últimos anos.
    O que é uma pena, porque eu esperava MUITO.
    Aliás, parece que o filme vai ser lançado direto em DVD, tamanho o estrago

    ResponderExcluir
  4. Bom, Quaid fez THE HORSEMEN que ainda não vi mas foi considerado uma das maiores furadas do ano passado.

    ResponderExcluir
  5. Uma das coisas mais frustrantes que existe é ver uma boa ideia ser jogada fora num filmeco desses. Esperemos que APENAS esse filme nos decepcione esse ano...

    ResponderExcluir
  6. Leandro Caraça22/03/10 16:57

    "The Horsemen" é outro lixo. Nem a Zhang Ziyi salva aquilo.

    >Anjos Rebeldes é um belo clássico moderno

    E o Viggo Mortensen rouba o show nas duas vezes em que aparece.

    ResponderExcluir
  7. é o meu "filme ruim divertido" do ano. Uma bomba, quase atômica mais me diverti vendo o anjo metralhando o sorveteiro e a velhinha no teto. Besta de dar dó e com finalzinho safado rsrs.

    Anjos Rebeldes é um filmaço

    ResponderExcluir
  8. A sinopse lembrou de leve o "Evangelion"

    ResponderExcluir