3.3.10

THE IMAGINARIUM OF DR. PARNASSUS (2009), de Terry Gilliam

Apenas algumas notas sobre o novo Terry Gilliam, que não é ruim, quero deixar registrado, mas particularmente não consigo mais com filmes que dependem quase exclusivamente de um visual emborrachado pelas artificialidades do CGI. O universo criado por Gilliam é bonito e muito rico, no entanto, já não sinto a mesma emoção de quando vi AS AVENTURAS DO BARÃO MUNCHAUSEN anos atrás, por exemplo, com aquela estética old school carregada, no qual Terry Gilliam era um mestre na concepção. Desconfio que o novo filme do Tim Burton vá pelo mesmo caminho deste aqui. Espero estar errado e talvez eu esteja meio chato (ou não tenha entendido a proposta do Gilliam, o que é mais provável). Ao menos podemos admirar a última performance do Heath Ledger, comprovando que o sujeito realmente estava num ótimo momento da carreira quando bateu as botas. Quero saber a opinião de vocês...

2 comentários:

  1. Não tenho nada contra o Terry Giillian, mas sinceramente, caro Perrone, esse filme não me desperta a mínima curiosidade. Sei lá, parece que é um samba do criolo doido. É preconceito meu, eu sei. Do Gillian prefiro filmes como O pescador de Ilusões, entende? Esse sim é um grande filme; mas também ali o cinema (ainda) era outro, né? Prefiro apostar minhas fichas ainda no Tim Burton, por exemplo. Estou ansioso por ver Alice, quanto mais em 3D. : ) Hasta la vista, compañero!

    ResponderExcluir
  2. Concordo com o Demofilo, e digo mais, Gillian nunca me despertou grande interesse. Prefiro o trabalho dele no Monty Python.

    ResponderExcluir

MUDANÇA DE CASA

Depois de um feedback por aqui e na página do Dementia¹³ no facebook , resolvi tomar mesmo a decisão de fechar as portas por aqui e me muda...