12.11.08

PERIGO EM BANGKOK (Bangkok Dangerous, 2008), de Danny & Oxide Pang

Pois é, às vezes meu instinto cinéfilo-masoquista fala mais alto e acabo me deparando com umas bobagens como este Perigo em Bangkok. Eu realmente gosto de depositar alguma esperança em filmes difamados. Quando possui alguém com um certo prestígio envolvido no projeto então, eu fico até um pouco mais animado, mesmo sabendo onde estou me metendo. No caso deste aqui, temos na direção os irmãos Pang, cuja carreira foi reconhecida pelos bons filmes de terror que realizaram (embora este aqui seja uma refilmagem de um filme de 1999, escrito e dirigido pelos próprios irmãos) e no elenco, Nicholas Cage se afundando cada vez mais em papéis que não chegam nem aos pés do que já fez nos anos 80 e 90.

Cage vive um assassino solitário, calculista (o de sempre, né?), mata sem remorsos até mesmo seus ajudantes para não deixar rastros pelas cidades onde passa ao redor do mundo. O problema é que a história que o roteiro resolve contar é justamente quando o sujeito amolece o coração. Ao realizar seus serviços, na cidade de Bangkok, ele começa a desenvolver sentimentos ruins para sua profissão, como se apaixonar por uma moça e iniciar um treinamento com seu novo ajudante. Muito lenga lenga aqui e ali, canastrice de Cage pra lá, o filme flui com uma dificuldade que nem mesmo as cenas de ação meia boca conseguem divertir. Aos 45 do segundo tempo, o personagem volta ao normal, vira o assassino frio de sempre, deixa um bom número de vagabundos abatidos, mas já é tarde demais.

2 comentários:

MUDANÇA DE CASA

Depois de um feedback por aqui e na página do Dementia¹³ no facebook , resolvi tomar mesmo a decisão de fechar as portas por aqui e me muda...