31.10.08

CONSCIÊNCIAS MORTAS (1943), de Willian A. Wellman

Bom filme o Consciências Mortas (43), de Willian A. Wellman, cuja reputação é totalmente justificável. Trata-se de um western com forte apelo ético, anti-linchamento, provavelmente levantou algumas sobrancelhas na época do lançamento. Hoje não funcionaria nem como panfleto, mas ainda induz à reflexão sobre leis e justiça (principalmente neste país de merda onde vivemos). Mas deixando de lado as questões sociais, sobra ao filme cinema de puríssima qualidade. São apenas 75 minutos, mas muito bem enxugados e que valorizam as composições visuais de Wellman, além de trazer no elenco grandes nomes como Henry Fonda, Dana Andrews e Anthony Quinn em bons momentos de suas carreiras.

2 comentários:

  1. eu considero esse filme uma obra-prima!

    ResponderExcluir
  2. Num gênero em que a violência é o tema principal, este filme é um diferencial, assim como "Matar ou Morrer" onde o personagem de Gary Cooper tenta a todo custo não usar de violência, mas no final é obrigado a se defender.

    Abraço

    ResponderExcluir

MUDANÇA DE CASA

Depois de um feedback por aqui e na página do Dementia¹³ no facebook , resolvi tomar mesmo a decisão de fechar as portas por aqui e me muda...