Pular para o conteúdo principal

Anos 80

Combinei com os amigos Daniel e Vlademir de publicarmos um top 30 dos anos 80, já que acabamos influenciando uns aos outros quando fizemos a dos anos 90. A idéia é fazer um novo top a cada semana.

A lista dos anos 80 foi muito mais difícil de fazer, já que o número de filmes no páreo era maior. Mais por culpa minha, que acabo assistindo filmes das décadas de 60, 70 e 80 em maior quantidade que as outras. De qualquer forma, acho que isso é o mais próximo do meu gosto atualmente. Em ordem cronológica com os cinco preferidos em negrito:

TOURO INDOMÁVEL (80, Martin Scorsese)
MEMÓRIAS (80, Woody Allen)
CANNIBAL HOLOCAUST (80, Ruggero Deodato)
AGONIA E GLÓRIA (80, Samuel Fuller)
O PORTAL DO PARAÍSO (80, Michael Cimino)
THE BEYOND (81, Lucio Fulci)
BLOW OUT (81, Brian De Palma)
MS. 45 (81, Abel Ferrara)
O ENIGMA DO OUTRO MUNDO (82, John Carpenter)
CONAN – O BÁRBARO (82, John Milius)
TENEBRE (82, Dario Argento)
BLADE RUNNER (82, Ridley Scott)
VIDEODROME (83, David Cronenberg)
NOSTALGIA (83, Andrei Tarkovsky)
AMANTES (84, John Cassavetes)
PARIS, TEXAS (84, Win Wenders)
ERA UMA VEZ NA AMÉRICA (84, Sergio Leone)
DEPOIS DE HORAS (85, Martin Scorsese)
RAN (85, Akira Kurosawa)
VÁ E VEJA (85, Elem Klimov)
VIVER E MORRER EM LOS ANGELES (85, Willian Friedkin)
DRAGÃO VERMELHO (86, Michael Mann)
VELUDO AZUL (86, David Lynch)
DOWN BY LAW (86, Jim Jarmusch)
O RAIO VERDE (86, Eric Rohmer)
IL DIAVOLO IN CORPO (86, Marco Bellochio)
BEST SELLER (87, John Flynn)
A BARRIGA DO ARQUITETO (87, Peter Greenaway)
SANTA SANGRE (89, Alejandro Jodorowsky)
VIOLENT COP (89, Takeshi Kitano)

Comentários

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Daniel Dalpizzolo06/10/2008 00:18

    Nossa lista ficou muito parecida, heh. Grandes escolhas.

    (Best Seller e Amantes são dois que eu tenho muito, muito interesse em ver, mas ainda não fiz).

    Ah, da hora a citação de Conan, haha.

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. Bela lista, mas muitos deles eu não assisti. Vou anotar!

    Pretendo ver principalmente Tenebre, Depois de Horas, Vá e Veja, Down by Law e Violent Cop.
    Santa Sangre é excelente.

    ResponderExcluir
  5. Anos 80 é complicado. A filmografia de Woody Allen por exemplo, Hanna e suas irmãs, Memorias, Crimes e Pecados, A ROSA PURPURA DO CAIRO, ZELIG.

    Você colocou MEMÓRIAS, então vou deixar uma dica. A 2001 VIDEO vai lançar um boxezinho com três filmes do Woody Allen, acho que por 49,90, com Memorias, Broddway Danny Rose e A Era do Rádio. Bom não. Três raros por aqui.

    Já comprei lá um outro boxezinho, com ZELIG, MANHATTAN e ANNIE HALL e por 29,90.

    Tem dois dos melhores de DE PALMA em 80 também.

    PAUL VERHOEVEN
    CRONEMBERG

    Todos em sua melhor época.

    80' the best. Com leve empate para 20'.

    ResponderExcluir
  6. Dos que vi dessa lista, são todos excelentes, só não vou com a cara de Cannibal Holocaust hehe. E éu chego a ter uma agonia por ainda não ter visto O Portal do Paraiso (que o Daniel também citou na lista dele). Vi longos trechos numa madrugada na TV, mas dublado, e certamente uma das versões mutiladas. Não vejo a hora de ver em melhores condições.

    ResponderExcluir
  7. Diz Ronald

    Ótima lista amigo, dando destaque a The Thing, Viver e Morrer em Los Angeles, Blade Runner e os filmes de Martin Scorsese ...

    até

    ResponderExcluir
  8. Valeu a dica, Faéu!

    Vlademir, eu sou fã de Cannibal Holocaust! heheh

    E assista o Portal do Paraíso... um dos melhores do Cimino.

    Vamos à lista dos anos 70!

    ResponderExcluir
  9. Daniel Dalpizzolo06/10/2008 12:44

    Cannibal Holocaust é maravilhoso. Grande ensaio sobre a essência da imagem, suas origens e destinos - e um dos mais poderosos retratos do homem também.

    ResponderExcluir
  10. Heaven's Gate é.... nem sei o que falar.

    E Best Seller vou por pra baixar agora mesmo.

    ResponderExcluir
  11. Ficou faltando um John Huston ai, tipo À Sombra do Vulcão, Prizzi's Honor ou The Dead hehe!

    ResponderExcluir
  12. Concordo, Sérgio. O problema é que dos anos 80, o único Huston que eu vi foi Prizzi's Honor. Adoro o filme e até cogitei a possibilidade de colocar, mas acabou não entrando...

    ResponderExcluir
  13. Olha o VÁ E VEJA aí gente!!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

O IMBATÍVEL (Undisputed, 2002)/O LUTADOR (Undisputed 2: Last Man Standing, 2006)

No útlimo fim de semana procurei outros filmes recentes do Michael Jai White para vê-lo distribuindo porrada em meliantes como em BLOOD AND BONE e BLACK DYNAMITE. Me deparei com UNDISPUTED 2, continuação de um filme dirigido pelo Walter Hill em 2002 e que, por pura negligência da minha parte, ainda não havia assistido. Enfim, foi uma experiência interessante, além de poder ver um ótimo filme de luta estrelado pelo Jai White ainda tirei o atraso com o filme Hill, que é obrigatório para os fãs do sujeito.

Ambos os filmes se passam em prisões e envolvem lutas “profissionais” entre os encarcerados, mas o resultado de cada é bem diferente um do outro. UNDISPUTED é puro Walter Hill! Cinema classudo, sério, focado em personagens bem talhados e com direção extremamente segura. Temos Wesley Snipes na pele de Monroe Hutchen, campeão de boxe de Sweetwater, uma prisão de segurança máxima que promove legalmente lutas entre presos. Ving Rhames é George Iceman Chambers, o campeão mundial dos pesos …

OS BÁRBAROS (The Barbarians, 1987)

Daquela listinha de filmes de fantasia, Sword and Sorcerer, que eu postei outro dia, um dos exemplares que causou mais alvoroço foi OS BARBAROS. Alguns amigos acharam engraçado por eu ter lembrado desse filme que passou milhares de vezes no Cinema em Casa do SBT. E como estamos falando de um trabalho do italiano Ruggero Deodato, nada melhor que ressaltar como era bom ter doze anos e poder conferir às tardes da TV brasileira nos anos 90 um filme com bastante sangue, membros decepados e peitos de fora. Algo impossível para um moleque atualmente, que tem de se contentar com os filmes de animais falantes que empesteiam diariamente a programação… Neste fim de ano, meus votos de um grande pau no c@#$% do politicamente correto.

De todo modo, OS BÁRBAROS é uma porcaria. Fui rever essa semana para escrever para o blog e, putz, acreditem, é a coisa mais ridícula do mundo. Ainda bem que já sou vacinado contra tralhas desse tipo e encontro tantos elementos engraçados que fica impossível não sair…

OS IRMÃOS KICKBOXERS, aka BLOOD BROTHERS (1990)

Também conhecido como NO RETREAT, NO SURRENDER 3 em alguns países. Não é tão espetacular quanto o segundo, mas é um veículo divertidíssimo que serve de vitrine para que Loren Avedon e Keith Vitali (os irmãos do título) demonstrem suas habilidades em artes marciais em sequências alucinantes de pancadaria! Até hoje me lembro quando eu era um moleque de oito ou nove anos pegando a fita da Top Tape na locadora com meu irmão mais novo. Passamos o fim de semana inteiro assistindo repetidas vezes este que foi o meu primeiro “kickboxer movie”.


Na trama, os dois personagens não vão muito com a cara do outro. Avedon é um professor de kickboxer que dirige um fusca, enquanto Vitali ganha a vida como policial respeitado, seguindo os passos de seu pai. Ambos lutam pra cacete! Para resumir o enredo, uma tragédia na família acontece (leia-se alguém é assassinado) e acaba sendo o motivo de reaproximação dos irmãos, que deixam as diferenças de lado e juntam forças para fazer exatamente aquilo que se …