Pular para o conteúdo principal

FAVORITOS DEMENTIA 13 DE 2011


20. PLANET OF THE VAMPIRE WOMEN (Darin Wood, 2011)


19. THE WARD (John Carpenter, 2010)


18. STAKE LAND (Jim Mickle, 2010)


17. INSIDIOUS (James Wan, 2010)


16. A PELE QUE HABITO (Pedro Almodovar, 2011)


15. TRUE GRIT (Joel & Ethan Coen, 2010)


14. COLD FISH (Shion Sono, 2010)


13. KYNODONTAS (Giorgos Lanthimos, 2009)


12. ATTACK THE BLOCK (Joe Cornish, 2011)


11. HOBO WITH A SHOTGUN (Jason Eisner, 2011)


10. THE TREE OF LIFE (Terrence Malick, 2011)


09. THE MAN FROM NOWHERE (Jeong-Beom Lee, 2010)


08. SUPER (James Gunn, 2010)


07. HANNA (Joe Wright, 2011)


06. OUTRAGE (Takeshi Kitano, 2010)


05. 13 ASSASSINS (Takashi Miike, 2010)


04. MELANCHOLIA (Lars Von Trier, 2011)


03. ESSENTIAL KILLING (Jerzy Skolimowski)


02. I SAW THE DEVIL (Jee-Woon Kim, 2010)


01. DRIVE (Nicolas Winding Refn, 2011)

Outros filmes que também merecem destaque, dentre os que consegui assistir este ano: UNSTOPPABLE (Tony Scott); TROLL HUNTER (André Øvredal); RUBBER (Quentin Dupieux); SINNERS & SAINTS (William Kauffman); DETECTIVE DEE (Tsui Hark); SUPER 8 (J.J. Abrams); THE WOMAN (Lucky McKee); BALADA DO AMOR E DO ÓDIO (Alex de la Iglesia); MISSÃO IMPOSSÍVEL - PROTOCOLO FANTASMA (Brad Bird) e TUCKER & DALE VS. EVIL (Eli Craig).

Comentários

  1. Assisti 10 desta lista.
    Os únicos destes que no meu ver não entrariam na seleção são Super (que tem o epílogo mais covarde que tenho notícias)e Melancolia (que vale por aquele screen ali de cima e por nada mais)

    Acrescentaria na seleção os seguintes:
    _ A Dangerous Method.
    _ Kill the irishman.
    _ Inverno da alma.
    _ Blue Valentine.

    ResponderExcluir
  2. Estava aguardando ansioso essa lista, para pegar umas dicas. Estou meio enferrujado em relação a novidades. Vi poucos filmes do top. Mas adorei que DRIVE esteja em primeiro! Achei uma obra-prima! Também gostei muito do A PELE QUE HABITO. Senti falta do MEIA-NOITE EM PARIS e THE VETERAN, dois filmes que entrariam no meu top. Alem de menções honrosas para CONTRA O TEMPO (Source Code), PLANETA DOS MACACOS: A ORIGEM e DESCONHECIDO (Unknown).

    ResponderExcluir
  3. Acima de tudo tenho que concordar com o número 1. Excelente esse DRIVE.


    --
    Pedro Pereira

    http://por-um-punhado-de-euros.blogspot.com
    http://auto-cadaver.posterous.com

    ResponderExcluir
  4. MARCELO: O Trier é um cara que divide opiniões mesmo, mas eu sou um grande fã do trabalho dele. Pelo menos concordamos que o screenshot que eu selecionei é maravilhoso! hehe

    HERAX: Pra pegar umas dicas mais completas, espere a lista do Caraça ou vá no blog do Furtado, hehe... não acompanhei tantos filmes recentes assim. O Meia noite em Paris foi bem legal mesmo, não entraria no meu top 20, mas merece uma menção que eu acabei esquecendo...

    PEDRO: Que bom que concordamos! haha

    ResponderExcluir
  5. I Saw the Devil e The Man from Nowhere são belos exemplos do talento dos sul-coreanos para produzir suspenses e thrillers policiais. Recomendo outro no mesmo estilo chamado Sem Misericórdia (No Mercy).
    Filmaços!

    ResponderExcluir
  6. Outro sul-coreano muito fera que vi esse ano foi Yellow Sea, do mesmo diretor do ótimo The Chaser. Lista muito boa, só filmaço!

    Alguns que gostei e que estão ausentes: Snowtown, Black Death, Guilty of Romance, Dream Home e Swordsmen.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

O IMBATÍVEL (Undisputed, 2002)/O LUTADOR (Undisputed 2: Last Man Standing, 2006)

No útlimo fim de semana procurei outros filmes recentes do Michael Jai White para vê-lo distribuindo porrada em meliantes como em BLOOD AND BONE e BLACK DYNAMITE. Me deparei com UNDISPUTED 2, continuação de um filme dirigido pelo Walter Hill em 2002 e que, por pura negligência da minha parte, ainda não havia assistido. Enfim, foi uma experiência interessante, além de poder ver um ótimo filme de luta estrelado pelo Jai White ainda tirei o atraso com o filme Hill, que é obrigatório para os fãs do sujeito.

Ambos os filmes se passam em prisões e envolvem lutas “profissionais” entre os encarcerados, mas o resultado de cada é bem diferente um do outro. UNDISPUTED é puro Walter Hill! Cinema classudo, sério, focado em personagens bem talhados e com direção extremamente segura. Temos Wesley Snipes na pele de Monroe Hutchen, campeão de boxe de Sweetwater, uma prisão de segurança máxima que promove legalmente lutas entre presos. Ving Rhames é George Iceman Chambers, o campeão mundial dos pesos …

OS BÁRBAROS (The Barbarians, 1987)

Daquela listinha de filmes de fantasia, Sword and Sorcerer, que eu postei outro dia, um dos exemplares que causou mais alvoroço foi OS BARBAROS. Alguns amigos acharam engraçado por eu ter lembrado desse filme que passou milhares de vezes no Cinema em Casa do SBT. E como estamos falando de um trabalho do italiano Ruggero Deodato, nada melhor que ressaltar como era bom ter doze anos e poder conferir às tardes da TV brasileira nos anos 90 um filme com bastante sangue, membros decepados e peitos de fora. Algo impossível para um moleque atualmente, que tem de se contentar com os filmes de animais falantes que empesteiam diariamente a programação… Neste fim de ano, meus votos de um grande pau no c@#$% do politicamente correto.

De todo modo, OS BÁRBAROS é uma porcaria. Fui rever essa semana para escrever para o blog e, putz, acreditem, é a coisa mais ridícula do mundo. Ainda bem que já sou vacinado contra tralhas desse tipo e encontro tantos elementos engraçados que fica impossível não sair…

OS IRMÃOS KICKBOXERS, aka BLOOD BROTHERS (1990)

Também conhecido como NO RETREAT, NO SURRENDER 3 em alguns países. Não é tão espetacular quanto o segundo, mas é um veículo divertidíssimo que serve de vitrine para que Loren Avedon e Keith Vitali (os irmãos do título) demonstrem suas habilidades em artes marciais em sequências alucinantes de pancadaria! Até hoje me lembro quando eu era um moleque de oito ou nove anos pegando a fita da Top Tape na locadora com meu irmão mais novo. Passamos o fim de semana inteiro assistindo repetidas vezes este que foi o meu primeiro “kickboxer movie”.


Na trama, os dois personagens não vão muito com a cara do outro. Avedon é um professor de kickboxer que dirige um fusca, enquanto Vitali ganha a vida como policial respeitado, seguindo os passos de seu pai. Ambos lutam pra cacete! Para resumir o enredo, uma tragédia na família acontece (leia-se alguém é assassinado) e acaba sendo o motivo de reaproximação dos irmãos, que deixam as diferenças de lado e juntam forças para fazer exatamente aquilo que se …