4.5.12

MISSÃO PERIGOSA, aka Avenging Angelo (2002)

Quem olha esse cartaz com o Stalone fazendo cara feia e apontando uma arma, corre o risco de pensar que se trata de um pequeno filme de ação obscuro e pouco comentado, que talvez mereça uma redescoberta ou algo do tipo. Na verdade, MISSÃO PERIGOSA  está longe disso e se não foi redescoberto, espero que continue assim! O filme não passa de uma comediazinha romântica das mais cretinas, não muito diferente dessas coisas horrorosas estreladas pela Sandra Bullock ou Jennifer Aniston e algum galã da atualidade… argh! Ou talvez seja pior!

Lembro quando chegou nas locadoras e, na época, não tive a mínima vontade de ver, mas como admirador do Stallone, quero conferir TUDO que o sujeito já fez. O problema são essas bagaceiras realizadas numa certa fase negra, início da década passada, e que antecede o maravilhoso ROCKY 6 (que colocou o Stallone de volta nos eixos). São três ou quatro exemplares, no máximo, mas cada um de dar vergonha alheia... alguém se lembra daquela produção no qual o Sly é piloto de corrida?! Aquilo é o cúmulo do ridículo para quem é ícone de toda uma geração fanática pelo cinema de ação oitentista.

E já que perdi meu tempo vendo essa baboseira, vou perder mais ainda escrevendo algumas palavras que deve servir de alerta ao fiel amigo leitor que ainda não assistiu a porcaria que temos aqui. A trama é centrada na personagem da Madeleine Stowe, uma ricaça meio maluca que descobre que é filha de um mafioso (Anthony Quinn) assassinado recentemente e agora possui um guarda costa (Stallone) 24 horas na sua cola para protegê-la de outros mafiosos. Aos poucos, ele se apaixona por ela e… putz, o sujeito devia estar realmente precisando de dinheiro pra entrar numa dessa.


MISSÃO PERIGOSA aposta exatamente na interação e química dos protagonistas, que passam o filme inteiro dentro de uma mansão conversando bobagem, tentando criar situações engraçadas e falhando enormemente nesse sentido. Todas as fórmulas patéticas das comédias românticas “água com a açúcar” estão lá, só que com um ator do calibre do Stallone marcando presença pra enganar a moçada, atrair marmanjos que esperavam algo totalmente diferente. O cartaz e o título nacional não ajudam em nada.


E o pobre Anthony Quinn, coitado, décadas de dedicação ao cinema, entregando memoráveis atuações em clássicos de grande importância, acabando a carreira nessa fita vagabunda. As filmagens ainda aconteciam quando o ator morreu. Lastimável… Depois dessa, só revendo algum RAMBO, ROCKY ou COBRA para me desintoxicar… e pensar que ainda não assisti a refilmagem de GET CARTER, estrelada pelo Sly! Ui!

10 comentários:

  1. Get Carter é outro filme direct to dvd feito por Sly e eu que nunca pensei que Stallone chegaria ao ponto de fazer filmes direto p/ DVD. Filmes do calibre de ALTA VELOCIDADE, O DEMOLIDOR e O ESPECIALISTA podem jogar a carreira de qualquer um no buraco. Mas Stallone não é qualquer um e já deu a volta por cima. GRAÇAS!!!

    ResponderExcluir
  2. Ah, mas O DEMOLIDOR e O ESPECIALISTA são outro nível! Eu gosto de ambos! hehe! O problema foi depois COP LAND (que também é muito bom).

    ResponderExcluir
  3. Quem ousa falar mal do filme das três conchas não merece respeito! :D

    Brincadeiras à parte, Perrone, o que você acha de "Oscar: Minha Filha Quer Casar"?

    ResponderExcluir
  4. Faz muito tempo que eu vi, mas na época achei bom. Nunca considerei grandes coisas, mas bom. O Stallone tá bem engraçado! ;-)

    ResponderExcluir
  5. Perrone, e os filmes de inicio de carreira do Sly, como: The Lords of Flatbush, Capone e Fuga para vitoria. Viu algum?

    ResponderExcluir
  6. Desses três, só vi CAPONE, que é um filmaço... mais pelo Gazzara, o Stallone aparece bem pouco.

    ResponderExcluir
  7. João do caminhão04/05/12 22:52

    Não acho Get Carter um filme horrível, é meio lixoso mas é assistível. Também acho D-Tox passável.
    Esse com a Madlyn Stowe eu nem sabia da existência (devo ter visto o poster em um passado remoto e depois esquecido completamente) e aquele do piloto de corrida nunca vi e também não tenho lá muito interesse em ver...

    O Especialista considero um dos piores do Stallas, é só lembrar da cena da trepada com a Sharon Stone...

    O Demolidor é um filme que tenho um certo carinho, os quebra-paus com o Snipes são bem casca-grossa.

    ResponderExcluir
  8. Eu gosto do ESPECIALISTA justamente pelas trepadas com a Sharon Stone, que é a minha musa maior da adolescência e tá muito gostosa no filme. Mas gosto, principalmente, pelo James Woods, um dos maiores atores vivos e que hoje anda esquecido e faz aqui um excelente vilão! ;-)

    ResponderExcluir
  9. João do caminhão05/05/12 00:56

    James Woods sou obrigado a concordar, um cara pra lá de subestimado.

    ResponderExcluir
  10. Oi!

    Gostaria de saber se a equipe do site está interessada em divulgar o trailer do meu novo curta-metragem, O Membro Decaído.
    Ele foi realizado de forma independente e orçamento mínimo.
    Sou um grande admirador do Dementia 13. Acho interessante o site buscar um novo olhar cinematográfico para os curtas-metragem nacionais.

    Aqui tem o link do trailer - http://vimeo.com/41466716

    E a página oficial dele no Facebook - http://www.facebook.com/membrodecaido

    Neste link tem um texto explicando melhor o projeto: http://lucassville.blogspot.com.br/2012/02/iniciam-as-filmagens-do-curta-o-membro.html

    E aqui os pôsters de divulgação da obra: http://lucassville.blogspot.com.br/2012/04/posters-de-o-membro-decaido-um-filme-de.html

    Muito obrigado.
    Até.

    Lucas Sá

    ResponderExcluir