26.5.11

STREET KINGS 2: MOTOR CITY (2011)

Ray Liotta estrela esta continuação direct to video de OS REIS DA RUA, policial de 2008 com o Keanu Reeves no papel principal e que eu não achei tão ruim quanto diziam na época. STREET KINGS 2: MOTOR CITY, de um tal de Chris Fisher, está longe de ser excelente, mas até que é um decente filme policial e conseguiu prender a minha atenção. É preciso ressaltar também que esta continuação não possui qualquer ligação com o filme anterior. É apenas mais uma daquelas picaretagens de sempre, pega-se o título de um filme “maior” e fazem uma sequência pra atrair público.

O filme começa com uma transação de drogas na qual tudo dá errado e os policiais que estavam trabalhando disfarçados são descobertos. Um deles, Mark Kingston, o Ray Liotta, sai do tiroteio gravemente ferido nas pernas. Três anos depois, uma série de assassinatos envolvendo os policiais que paticiparam da investigação do caso de drogas são misteriosamente assassinados. E para resolver o caso, um jovem e ambicioso detetive, Dan Sullivan (Shaen Hatosy), entra em ação juntamente com Marty (que pode ser também um alvo). Apesar das divergências iniciais, os dois conseguem adentrar num submundo de conspirações internas e policiais corruptos!

No primeiro filme, o roteiro era daqueles onde o protagonista mata a charada nos 45 minutos do segundo tempo (embora nõa fosse muito difícil de descobrir antes). Uma diferença para o tipo de filme policial que temos em STREET KINGS 2 é que o espectador e o investigador descobrem o esquema bem antes do filme acabar. O foco aqui são os desdobramentos de tais revelações, como alguns personagens devem lidar quando se descobre que o inimigo está mais perto do que se imagina e, talvez o mais importante, quais as razões que motivam o assassino…

Nada disso é muito original, o filme é genérico e está longe de ser um pioneiro do filme policial, só que existem exemplares bem piores por aí. Especialmente se considerarmos que estamos falando de uma sequência de baixo orçamento lançado diretamente no mercado de vídeo. Tudo o que acontece em STREET KINGS 2 você já deve ter visto antes, mas o filme consegue reunir os clichês de forma satisfatória e, mesmo sem ter muita ação, diverte.

Mas o ingrediente principal é a presença de Ray Liotta, sempre cativante e muito a vontade. Já o tal do Hatosy não tem carisma algum pra ser o herói, mas dá para o gasto. Assim como o filme, de uma forma geral, não é nenhuma maravilha, mas vale a pena uma conferida pra quem curte policiais sem muita frescura.

2 comentários:

  1. Ronald, deixei um selo pra vc lá no blog! =)

    http://pudimdecinema.wordpress.com/2011/05/26/selo-especial-cinefilos-da-blogosfera/

    ResponderExcluir

MUDANÇA DE CASA

Depois de um feedback por aqui e na página do Dementia¹³ no facebook , resolvi tomar mesmo a decisão de fechar as portas por aqui e me muda...